Escola Paulista de Medicina
Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva 

 

 

Disciplina: POLÍTICA DE SAÚDE E A GESTÃO DO SUS II

  • Nome/título
    POLÍTICA DE SAÚDE E A GESTÃO DO SUS II
  • Responsável
    Ademar Arthur Chioro dos Reis (doutorado)
  • Corpo Docente
    Rosemarie Andreazza (doutorado e pós-doutorado)
    Lumena Almeida Castro Furtado (doutorado)
    Mariana Arantes Nasser (doutorado)
  • E-mail para contato
    arthur.chioro@unifesp.br
  • Início - inscrição
    2018-07-23
  • Término - inscrição
    2018-08-03
  • Início - curso
    2018-08-09
  • Término - curso
    2018-11-29
  • Local
    em anfiteatros da EPM/Unifesp
  • Dias e Horários
    Quintas-feiras, das 8 às 12h: destinadas à leitura de textos e preparação de seminários e atividades e das 14 às 18h: aulas teóricas e seminários. (09, 16 e 30/08; 13 e 20/09; 04 e 18/10; 08 e 29/11)
  • Vagas/ Número máximo de alunos
    25
  • Carga horária - Teórica
    72
  • Carga horária - Prática
    18
  • Carga Horária Total
    90
  • Creditos
    6
  • Critérios de ingresso
    Serão aceitos alunos ouvintes, sendo que 12 vagas serão destinadas a profissionais de saúde e gestores das secretarias municipais de saúde de São Paulo e São Bernardo do Campo, parceiras do DMP da EPM/Unifesp em atividades de graduação e residência.
  • Ementa
    Objetivo da disciplina: Oferecer subsídios para análise crítica do processo de formulação e gestão das políticas de saúde no Brasil.
    A disciplina será conduzida por meio dos seguintes eixos temáticos:
    I - A produção do SUS como “grande” política pública de saúde;
    II – A produção das políticas de atenção e de gestão da saúde;
    III – As relações público x privado e as múltiplas dimensões regulatórias.
  • Conteúdo Programático
    - A relação público x privado: a saúde suplementar e o SUS.
    - Modelos técnico-assistenciais em disputa no SUS.
    - A política de Humanização da Saúde
    - Proteção sanitária e vigilância na saúde pública.
    - Política Nacional de Assistência Farmacêutica no SUS.
    - O Complexo Médico Industrial, inovação e incorporação tecnológica e a regulação governamental
    - As políticas de regulação, o controle e a avaliação no SUS. As múltiplas dimensões da regulação em saúde.
    - O trabalho em saúde. A formação e a gestão do trabalhador da saúde. A política de educação permanente.
    - As políticas de Promoção da Saúde e Vigilância às Doenças Não Transmissíveis. O enfrentamento da epidemia de obesidade e o desafio da intersetorialidade.
  • Referências
    BRASIL. Ministério da Saúde - Agência Nacional de Saúde Suplementar. Deborah Carvalho Malta (Org.). Duas Faces da Mesma Moeda: Microrregulação e Modelos Assistenciais na Saúde Suplementar. 1ª edição Rio de Janeiro: Minstério da Saúde, 2005. 269 p. (A. Normas e Manuais Técnicos).

    Meneses, Consuelo Sampaio
Mercado de saúde no Brasil, qualificação assistencial e transição tecnológica: um desafio regulatório para o Estado / Consuelo Sampaio Meneses . Campinas, SP : [s.n.], 2004.

    VECINA NETO G., MARQUES, M., FIGUEIREDO, AM. Vigilância Sanitária no Brasil. (p.689-713) In Campos et al (organizadores). Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo: Hucitec, 2015.

    CECILIO, L. C. O. Modelos tecno-assistenciais em saúde:
da pirâmide ao círculo, uma possibilidade a ser explorada. Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, 13(3):469-478, jul-set, 1997

    Morosini, Márcia Valéria G.C.. Modelos de atenção e a saúde da família / Organizado por Márcia Valéria G.C. Morosini e Anamaria DAndrea Corbo. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz, 2007.

    Rezende
, P. Sistemas de saúde francês e britânico: evolução comparada desde meados dos anos 1995/2016. (texto em pdf disponibilizado diretamente aos alunos)

    CECÍLIO, LCO ET AL. O agir leigo e o cuidado em saúde: a produção de mapas de cuidado. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 30(7):1502-1514, jul, 2014 . Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0102-311X00055913
    SANTOS, F. P.; MERHY, E. E. A regulação pública da saúde no Estado brasileiro – uma revisão. Interface - Comunic, Saúde, Educ, v.9, n.18, p.25-41, jan/jun 2006

    MERHY, Emerson Elias e Feuerwerker, Laura Macruz Camargo, FEUERWERKER. Novo olhar sobre as tecnologias de saúde: uma necessidade contemporânea. In Mandarino, A C S & Gomberg, E (org). Leituras de novas tecnologias e saúde. Bahia: Editora UFS; ISBN 978-85-7822-075-4, 2009, p. 29-56. http://www.uff.br/saudecoletiva/professores/merhy/capitulos-25.pdf

    MERHY, E.E., FEUERWERKER, L.C.M. Educação Permanente em Saúde: educação, saúde, gestão e produção do cuidado. In: MANDARINO, A.C.S., GOMBERG, E., org. Informar e Educar em Saúde: análises e experiências. Salvador: Editora da UFBA; 2011. v. 1, p. 5-21.
    https://static.atencaobasica.org.br/II_Mostra_EP/EPS-educacao_saude_gestao_e_producao_do_cuidado_Merhy_e_Laura.pdf

    CECCIM, Ricardo Burg. Educação Permanente em Saúde: desafio ambicioso e necessário. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 9, n. 16, p. 161-168, fev. 2005. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_artt
    •  

    © 2013 - 2021. Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

    Campus São Paulo - Rua Botucatu, 740 - 5º andar - sala 563 - Vila Clementino, São Paulo - SP - ppg.saudecoletiva@unifesp.br

    Please publish modules in offcanvas position.