Escola Paulista de Medicina
Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva 

 

 

Disciplina: QUALIDADE DE VIDA N(D)O TRABALHO E SAÚDE DO TRABALHADOR (2º SEMESTRE DE 2019)

  • Nome/título
    QUALIDADE DE VIDA N(D)O TRABALHO E SAÚDE DO TRABALHADOR (2º SEMESTRE DE 2019)
  • Responsável
    Prof. Dr. Francisco Antonio de Castro Lacaz e Dr. Bruno Chapadeiro Ribeiro
  • Corpo Docente
    Carlos Juliano Barros. Jornalista. Mestre em Geografia Humana pela Usp. Fundador da Repórter Brasil, dirigiu em parceria coma Caio Cavechini o documentário Carne, Osso ( 2011 ). Vencedor do Prêmio Gabriel Garcia Marquez de jornalismo pelo documentário Jaci - 7 pecados de uma obra amazônica.
  • E-mail para contato
    f.lacaz@unifesp.br
  • Início - inscrição
    2019-08-06
  • Término - inscrição
    2019-08-10
  • Início - curso
    2019-08-14
  • Término - curso
    2019-12-04
  • Local
    Anf. José Vasserman
  • Dias e Horários
    Quartas-feiras das 9 às 17 horas
  • Vagas/ Número máximo de alunos
    20
  • Carga horária - Teórica
    80
  • Carga horária - Prática
    10
  • Carga Horária Total
    90
  • Creditos
    6
  • Critérios de ingresso
    Alunos do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva e de outros programas da Universidade Federal de São Paulo e externos, gestores e trabalhadores dos serviços de saúde do Sistema Único de Saúde.
  • Ementa
    Objetiva-se chamar atenção para a historicidade e a polissemia do conceito de Qualidade de Vida n(d)o trabalho (QVT) e seu caráter político, na medida em que envolve interesses de classe contraditórios; na perspectiva de colocá-lo num patamar de discussão que questiona a abordagem ‘clínica’ comumente adotada pelo capital e que coloca como principal estratégia a mudança de ‘hábitos’ dos indivíduos. Assim, desloca-se a discussão para a categoria ‘controle’ sobre os processos de trabalho, na perspectiva dos coletivos de trabalhadores, o que permite articular o conceito à noção de que atingir a QVT envolve um embate político que é dado pela correlação de forças capital-trabalho, em sociedades concretas. Neste sentido, mesmo que se considere incompatível pensar em QVT numa realidade de precariedade do trabalho (e de direitos), advoga-se que a introdução no debate de outro ‘olhar’ sobre a questão, o qual também tem um forte caráter político, contra-hegemônico, pode contribuir para o enfrentamento do ‘discurso único’ e da prática a ele acoplada, as quais são defendidas como sendo ‘o’ modelo de abordagem da QVT por parte das empresas e dos intelectuais da própria academia que as assessoram.
  • Avaliação de aprendizagem
    1. A AVALIAÇÃO DO APRENDIZADO SERÁ FEITA POR MEIO APRESENTAÇÃO DE TRABALHO INDIVIDUAL ESCRITO PELOS ALUNOS TENDO COMO TEMÁTICA OS ASSUNTOS TRATADOS NAIS AULAS.
    2. A AVALIAÇÃO DA CARGA HORÁRIA PRÁTICA SERÁ FEITA POR MEIO DE APRESENTAÇÃO DE SEMINÁRIO(S) PELOS ALUNOS TENDO COMO MOTE OS TEXTOS INDICADOS NA BIBLIOGRAFIA DA DISCIPLINA.
  • Conteúdo Programático
    14/08. Apresentação da Disciplina: exposição da Ementa, divisão/composição dos grupos de seminários temáticos.
    28/08. Transformação do trabalho e de seus sentidos: globalização, reestruturação produtiva e neoliberalismo.
    11/09. Transformações do trabalho no Brasil.
    25/09. Saúde do Trabalhador e Saúde/Doença.
    09/10. A historicidade da Qualidade de Vida n(d)o Trabalho: conceitos e práticas hegemônicas e contra-hegemônicas.
    23/10. Qualidade de Vida n(d)o Trabalho e Saúde: Estudos epidemiológicos e pesquisas qualitativas.
    06/11 Qualidade de Vida n(d)o Trabalho: um debate.
    27/11. Qualidade de Vida n(d)o Trabalho e Uberização do Trabalho, Indústria 4.0.
    04/12. Qualidade de Vida n(d)o Trabalho e notícias da imprensa.
  • Referências
    ANTUNES, Ricardo. O privilégio da servidão: o novo proletariado de serviços na era digital. São Paulo: Boitempo, 2018.
    ANTUNES, Ricardo; ALVES, Giovanni. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Educação e Sociedade, Campinas, v. 25, n. 87, pp. 335-351, 2004.
    CHAPADEIRO, Bruno. Trabalho e gestão através do cinema. Bauru: Canal 6.
    International Labour Organization. Work for a brighter future -Global Comission on the Future of Work. Geneva: ILO, 2019. pp. 10-14 e 18-24.
    LACAZ, Francisco Antonio de Castro. O campo Saúde do Trabalhador: resgatando conhecimentos e práticas sobre as relações trabalho-saúde. Cadernos de Saúde Pública, v. 23, n. 4, pp. 757-763, 2007.
    ______. Qualidade de vida no trabalho e saúde/doença. Ciência & Saúde Coletiva, v. 5, n. 1, pp. 151-161, 2000.
    LAURELL, Asa Cristina (org.) Estado e políticas sociais no neoliberalismo. São Paulo: Cortez, 1995.
    LIMONGI-FRANÇA, Ana Cristina; ANTONIO, F. A. A.; SCHIRRMEISTER, R. Gestão da Qualidade de Vida no Trabalho: fundamentos, identidade e valores. In: CHAMBEL, Maria José (org.). Psicologia da Saúde Ocupacional. São Paulo: Pactor, pp. 309-328, 2016.
    _________. Qualidade de vida n(d)o trabalho: um conceito político e polissêmico. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 3, pp. 565-572, nov.2009/fev. 2010.
    MINAYO-GOMEZ, Carlos; MACHADO, Jorge Mesquita Huet; PENA, Paulo Gilvane Lopes (orgs.). Saúde do Trabalhador na Sociedade Brasileira Contemporânea. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2011, p. 23-34.
    NAVARRO, Vera Lúcia; MACIEL, Regina Heloisa; MATOS, Tereza Glaucia Rocha. A questão do trabalho no Brasil: uma perspectiva histórica a partir do desenvolvimento industrial. In: COUTINHO, Maria Chalfin; BERNARDO Márcia Hespanhol, SATO, Leny. (orgs). Psicologia Social do Trabalho. Petrópolis-RJ: Vozes, 2017, pp. 25-48. 30/08. Saúde-Doença e Trabalho: histórico, disciplinas e visões teóricas.
    PADILHA, Valquíria. Qualidade de vida no trabalho num cenário de precarização: uma panaceia delirante. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 3, pp. 549-563, nov. 2009/fev. 2010.
    SCOPINHO, Rosemeire Aparecida. Qualidade de vida versus condições de vida: um binômio dissociado. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 3, pp. 599-607, nov. 2009/fev. 2010.
    •  

    © 2013 - 2021. Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

    Campus São Paulo - Rua Botucatu, 740 - 5º andar - sala 563 - Vila Clementino, São Paulo - SP - ppg.saudecoletiva@unifesp.br

    Please publish modules in offcanvas position.